PRÓTON CRIA MÓDULO QUE BENEFICIA ESCRITÓRIOS DE CONTABILIDADE

Recurso vai diminuir em mais de 90% a necessidade de digitação de dados nos escritórios, trazendo mais confiabilidade e velocidade na entrega de resultados.

É através dos procedimentos contábeis que a empresa sabe o valor de seus ativos, passivos, receitas, custos e despesas e principalmente a rentabilidade e lucratividade do negócio. Os sistemas contábeis processam um grande volume de informações e todas devem estar confiáveis. Extrair informações de um sistema ERP e alimentar sistemas contábeis pode ser uma tarefa árdua e sujeita a muitos erros, por isso a PRÓTON criou o módulo “MEU CONTADOR”. Este novo recurso é uma interface para diversos sistemas contábeis do mercado, na qual o movimento do caixa contendo recebimentos, pagamentos e movimento bancário é exportado para o software do escritório contábil. Isso vai evitar que a equipe contábil digite o caixa da empresa. Isso implica em diminuir em mais de 90% a necessidade de digitação de dados, aumentar a velocidade de entrega do resultado financeiro e permitir que o seu cliente tome decisões mais rapidamente.

Em um bate-papo rápido com o Diretor de Sistemas da PRÓTON, Paulo Rios, obtivemos mais detalhes sobre esta nova ferramenta que será lançada ainda em Outubro deste ano para os clientes:

Reportagem. Qual a motivação para criar o produto?

Paulo Rios. Sob o ponto de vista do cliente, a redução no tempo de digitação dos lançamentos contábeis e o consequente abreviamento das obrigações contábeis. Sob a ótica da PRÓTON, confirmar nossa vocação de estar sempre atentos às necessidades de nossos clientes.

Reportagem. Quais as funções básicas do produto?

Paulo Rios. Exportar os lançamentos referentes aos pagamentos e recebimentos de títulos e da tesouraria, no formato definido pelo sistema da contabilidade. Permitimos configuração de todo o processo de exportação através de parâmetros. E o módulo foi pensado de forma a possibilitar gerenciamento total do processo de exportação de dados. Para isso criamos relatórios e formulários que apresentam possíveis inconsistências identificadas no processo para que o usuário possa tomar decisões de contorno.

Reportagem. Qual é o público alvo do produto?

Paulo Rios. Todos as empresas que utilizam o sistema PRÓTON ERP em associação com sistemas contábeis diversos disponíveis no mercado.

Para mais informações:

Próton Sistemas

Rua Barão do Rio Branco, 1.137 Edf. Clilab – 2 º andar

Centro – Feira de Santana- Ba

Tel.: 55 75 2101-3744

E-mail: proton@protonsistemas.com.br

http://www.protonsistemas.com.br

Anúncios

Próton Sistemas adiciona ferramenta de gerenciamento de verba em seu ERP

Com o novo módulo de Gerenciamento de Verba de Fornecedores será possível controlar a verba oferecida pela indústria que poderá ser recebida como mercadora bonificada ou em valor monetário.

 

Os clientes PRÓTON que utilizam o sistema de ERP já podem gerenciar suas verbas recebidas de fornecedores de forma integrada às suas demais rotinas gerenciais. O novo módulo de Gerenciamento de Verba poderá controlar toda a verba oferecida pela indústria, onde a mesma pode vir em forma de mercadoria bonificada, ou em valor financeiro. Em qualquer um dos casos, isso pode influenciar no custo e no preço de venda da mercadoria. No mercado hoje é comum o recebimento de verbas de fornecedores baseado em acordos comerciais como mecanismo de elevar as vendas de grandes marcas, investimento em marketing e outras ações comerciais.

Em um bate-papo rápido com o Gerente de Contas da PRÓTON, Maicon Dantas, abordamos mais detalhes sobre esta nova ferramenta disponível para os clientes:

Reportagem. Qual a motivação para criar esta ferramenta?

Maicon. Utilizar as verbas disponibilizadas pelas indústrias como forma de rebaixamento de preços e pagamentos de duplicatas. Hoje o mercado exige cada vez mais um maior nível de automatização e as “planilhas eletrônicas” nem sempre permitem um controle eficiente.

Reportagem. Quais as funções básicas do produto?

Maicon. As funções principais são: Cadastro de Verba, Relatório de Verbas a Receber e Recebidas, Processo de Rebaixamento de Custo de Mercadorias utilizando a verba que foi recebida. E o processo de Pagamento de Títulos, através de notas de créditos geradas a partir de uma verba recebida.

Reportagem. Qual o público-alvo do produto?

Maicon. Distribuidores e Revendedores que realizam suas compras diretamente com a indústria.

Reportagem. Quais as vantagens em usar o produto?

Maicon. Com maior controle das verbas nossos clientes poderão negociar com a indústria as compras, condicionando com os pagamentos de verbas que estão pendentes. A falta de controle pode levar os gestores a decisões menos acertadas e esta nova ferramenta vai ajudá-los e minimizar erros.

A nova ferramenta para gerenciamento de verbas já está disponível nas últimas versões do PRÓTON ERP e pode ser ativado e configurado para uso. Entre em contato conosco para mais detalhes sobre o uso deste novo recurso.

Para mais informações:

Próton Sistemas

Rua Barão do Rio Branco, 1.137 Edf. Clilab – 2 º andar

Centro – Feira de Santana- Ba

Tel.: 55 75 2101-3744

E-mail: proton@protonsistemas.com.br

http://www.protonsistemas.com.br

REUNIÃO DO ENCAT CONFIRMA PRAZO PARA A NFC-E 4.0

Todos os contribuintes da Bahia e do Brasil que utilizam a NFC-e estão obrigados a emitir, a partir do dia 01 de Outubro de 2018, com a nova versão 4.0.

A partir de 1 de outubro de 2018, o Governo Federal deixará de aceitar NFC-e na versão 3.10, e exigirá a emissão somente pela versão atualizada 4.0. Este prazo foi confirmado durante reunião do ENCAT (Encontro de Coordenadores e Diretores Tributários), que aconteceu em São Paulo entre os dias 29 e 30 de agosto. O Diretor de Negócios da Próton Sistemas, Adolfino Neto, representou o GT de automação da ASSESPRO – Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação Regional Bahia, nesta reunião.

Os contribuintes que estiverem com códigos de barra (GTIN) fora do padrão estabelecido pelo ENCAT, terão suas NFC-e não autorizadas, causando perdas de venda. É necessário que todos os códigos GTIN errados sejam corrigidos até o dia 25/09/2018, faltando cinco dias para a entrada em vigor da nova versão 4.0.

No primeiro dia de reunião participaram representantes de entidades e empresas contribuintes do fisco, que montaram uma agenda de reivindicações para as secretarias de fazenda de todo o Brasil. Um dos pontos de pauta levantado pela ASSESPRO Bahia foi solicitar o adiamento do desligamento a versão 3.10 da NFC-e, permitindo o uso desta versão por mais 30 dias. A solicitação tinha como justificativa o atraso na liberação em ambiente de homologação e produção da versão do QRCode 2.0 que deve vigorará em conjunto com o layout 4.0 da NFC-e.

No segundo dia, apesar dos esforços da ASSESPRO Bahia e de seu representante, houve a negativa por parte do ENCAT quanto ao pleito do mercado baiano de automação. Devido a isso todos os clientes da Próton Sistemas e todos os contribuintes da Bahia e do Brasil que utilizam a NFC-e estão obrigados a emitir NFC-e, a partir do dia 01 de Outubro, com a nova versão. Restam poucos dias para a chegada deste prazo e é preciso um esforço conjunto (contribuinte e software house) para que o prazo seja cumprido sob pena de cessar a emissão de NFC-e, e por consequência haver problemas com as vendas.

SAIBA MAIS:

http://nfce.encat.org/

 

Para mais informações entre em contato:

Próton Sistemas
Rua Barão do Rio Branco, 1.137 Edf. Clilab – 2 º andar
Centro – Feira de Santana- Ba
Tel.: 55 75 2101-3744
E-mail: proton@protonsistemas.com.br

Veja mais em:

http://www.protonsistemas.com.br

PALESTRA VENDA MÓVEL E A NOVA ERA DO VAREJO CHEGA A LAURO DE FREITAS

O Centro de Educação Corporativa TWP promove em Salvador, no dia 03 de setembro (segunda-feira), a palestra “Venda Móvel – A nova era do Varejo”, às 20h auditório da Faculdade UNOPAR em Lauro de Freitas e tem inscrições gratuitas.

Em mais um evento promovdo pelo TWP,  a palestra tem o objetivo  de debater as sobre as novas tendências tecnológicas do mercado para o varejo. Será mostrado o OMINI CHANNEL, conceito do varejo que coloca o consumidor como fator determinante da tecnologia e da logística usada no varejo. Todo este avanço tecnológico e um modelo de controle do fisco baseado exclusivamente em software, serão abordados.

SOBRE ADOLFINO NETO

Adolfino Alves Pereira Neto é analista de sistemas há 20 anos, administrador e pós-graduado em logística empresarial. Ministra aulas sobre gestão de armazém em cursos de pós-graduação. É proprietário e Diretor de Negócios da Próton Sistemas, empresa produtora de softwares para gestão administrativa, gestão da produção e gestão de armazém. Adolfino é consultor em logística empresarial e desenvolve projetos logísticos nas áreas de estoque, movimentação, armazenagem, projetos de construção ou modificação de armazém.

Fonte:
https://adolfinoneto.com/sobre/

 

SOBRE A TWP
O TWP é um Centro de Educação Corporativa criado pela Próton Sistemas e a TW2 Sistemas, e tem como objetivo fomentar o mercado de palestras, cursos e capacitações nas áreas demandadas pelos seus clientes e parceiros. A ideia central é identificar nos clientes e no mercado em geral, quais as deficiências em cada setor das empresas e propor melhorias, sejam elas na parte administrativa e operacional, ou nos sistemas de gestão em uso. O nosso diferencial é dar ao cliente o conhecimento do tamanho que ele necessita.

1 / 1

FÁBRICA DE AVIÕES FEIRENSE RECEBE AUTORIZAÇÃO DA ANAC PARA PRODUÇÃO LOCAL E EXPORTAÇÃO

A Montaer é a única fábrica autorizada em todo país a produzir modelos de aeronaves de pequeno porte para viagens de até seis horas.

A fábrica Montaer de aeronaves leves e esportivas existe desde Janeiro de 2014 e fica ao lado do aeroporto de Feira de Santana. O proprietário Bruno Oliveira se apaixonou pela aviação ainda pequeno por influência do avô, que foi proprietário da antiga fábrica de aviões Paradise.

Todo o processo de fabricação é feito em Feira de Santana, desde o projeto até o acabamento. De 2014 até hoje, 9 aeronaves foram feitas experimentalmente. Elas pesam cerca de 400kg quando vazias, e custam a partir de 100 mil dólares. Mas 20 novos aviões estão em fase de produção. Todos têm dois lugares, tela digital com instrumentação completa de voo, piloto automático, GPS de última geração e em caso de falhas mecânicas é possível acionar um paraquedas balístico para evitar acidentes. No momento esta é a única empresa no Brasil com licença para fabricar este tipo de aeronave. Em 2011 a ANAC estipulou que as indústrias existentes no Brasil teriam que se adequar às normas internacionais de fabricação. “Este prazo foi encerrado em 2016, nós começamos este processo em 2014 e mesmo assim conseguimos esta conquista. É a única empresa do Brasil a vender aeronaves nesta categoria LSA com asa alta e terrestre, e ela é feirense”, comenta Bruno com orgulho. A empresa vende estas aeronaves em todo o país, mas também vem fechando novos negócios nos Estados Unidos e em países da América Latina.

Conseguir a certificação da ANA – Agência Nacional de Aviação, não foi um processo fácil. É preciso atender às várias exigências de segurança e produção. A Próton Sistemas fez parte desta conquista, onde implantou um sistema de gerenciamento da produção (PRÓTON PMS) e (PRÓTON ERP). O PRÓTON PMS foi modificado de acordo com as normas fornecidas pela ANAC. Dentre outras coisas, era necessário incluir o registro da origem de cada peça e de cada componente envolvido na fabricação das aeronaves. “A Próton nunca havia atuado nesta área, e o nosso sistema de produção conseguiu atender às normas da ANAC, colaborando para a certificação da empresa. “É uma grande satisfação saber que nossa tecnologia colaborou para que a Montaer conseguisse esta conquista para a nossa cidade. Vamos continuar evoluindo juntos neste trabalho”, afirma Adolfino Neto, Diretor de Negócios da Próton Sistemas.
SISTEMA DE GERENCIAMENTO DA PRODUÇÃO

O PRÓTON PMS permite executar um rígido controle da produção, desde a entrada da matéria-prima até o resultado físico e financeiro da produção e do estoque. O software é amigável, fácil de usar, tem investimento compatível com o tamanho do seu negócio, e pode operar independente do seu software de gestão administrativa ou interligado a ele. Os processos executados pelo PRÓTON PMS se adaptam à sua produção, apresentando resultados com rapidez.
Para mais informações entre em contato:

Próton Sistemas
Rua Barão do Rio Branco, 1.137 Edf. Clilab – 2 º andar
Centro – Feira de Santana- Ba
Tel.: 55 75 2101-3744
E-mail: proton@protonsistemas.com.br

Veja mais em:

http://www.protonsistemas.com.br

NOVAS TENDÊNCIAS DO VAREJO FOI TEMA DE PALESTRA EM MAIS UM ENCONTRO PROMOVIDO PELO CENTRO DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA TWP EM FEIRA

Palestra “Venda Móvel – A nova era do Varejo” debateu um novo modelo de vendas baseado em mobilidade

As novas tendências do varejo e os avanços do checkout deram o tom da palestra ministrada pelo diretor de negócios da Próton Sistemas, Adolfino Neto, em mais um evento promovido pelo Centro de Educação Corporativa – TWP, em Feira de Santana na última quinta feira (23). O evento contou com auditório cheio e teve a presença de diversos representantes do setor varejista, como também estudantes de tecnologia e administração.

O palestrante iniciou contando a história dos dispositivos usados no varejo desde as máquinas registradoras até as impressoras fiscais. Todo o caminho percorrido pelo varejo até hoje foi resumido na palestra com ênfase no fato que, somente depois dos documentos eletrônicos, foi possível ampliar o uso da mobilidade no varejo. Agora as organizações varejistas podem incluir em seus canais de vendas dispositivos móveis e realizar toda a operação, desde a escolha dos produtos até o pagamento e emissão do documento fiscal em um tablet ou smartphone.

A venda móvel é uma das tecnologias relacionadas com o OMINI CHANNEL, conceito do varejo que coloca o consumidor como fator determinante da tecnologia e da logística, que foi demonstrado com exemplos nacionais e locais. E este foi o ponto alto da palestra, quando um participante da plateia pôde realizar operações de vendas emitindo Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) através de aparelhos como o CIELO LIO e SMART Terminais. Todos esses dispositivos possibilitam o pagamento em cartão, além de emitir os documentos fiscais obrigatórios na venda varejo.

Os dispositivos utilizados na demonstração em conjunto com os sistemas POS CONTROLE e PRÓTON ERP permitem total gestão e controle de todo o processo envolvendo a venda móvel. Segundo Adolfino “Essas tendências são apresentadas em feiras internacionais e nos anos seguintes se tornam padrão no mercado mundial. Quem estiver antenado e surfando nestas novidades, têm maior chande de aproveitar os benefícios de oferecer mais canais de vendas e maior agilidade no atendimento ao cliente.”, resume.

SOBRE O TWP

O TWP é um Centro de Educação Corporativa criado pela Próton Sistemas e a TW2 Sistemas, e tem como objetivo fomentar o mercado de palestras, cursos e capacitações nas áreas demandadas pelos seus clientes e parceiros. A ideia central é identificar nos clientes e no mercado em geral, quais as deficiências em cada setor das empresas e propor melhorias, sejam elas na parte administrativa e operacional, ou nos sistemas de gestão em uso. O diferencial da iniciativa TWP é dar ao cliente o conhecimento do tamanho que ele necessita.

Para mais informações entre em contato:

Próton Sistemas

Rua Barão do Rio Branco, 1.137 Edf. Clilab – 2 º andar

Centro – Feira de Santana- Ba

Tel.: 55 75 2101-3744

E-mail: proton@protonsistemas.com.br

http://www.protosistemas.com.br

http://www.tw2.com.br

GRUPO CAATINGA TREKKERS PROMOVE O CRESCIMENTO DO ESPORTE CORRIDA DE ORIENTAÇÃO NA BAHIA

A equipe Caatinga Trekkers venceu a terceira etapa do campeonato baiano de Orientação 2018 em Camaçari -BA e teve apoio da Próton Sistemas.

Um mapa, uma bússola na mão e uma área desconhecida pra ser explorada. Toda essa combinação tem um nome: ORIENTAÇÃO. Um esporte democrático, que agrupa todas as idades e geralmente usa a natureza como campo de jogo. Na prática do esporte não basta ter apenas os equipamentos necessários. Por trás de uma prova, existe toda uma equipe para organizá-la, mapear a área, distribuir os prismas, os pontos de controle e garantir a segurança dos participantes. Em Feira de Santana existe o grupo de orientação Caatinga Trekkers, fundado há quase três décadas e que vem ganhando cada vez mais adeptos no estado.

Mais de 200 pessoas são adeptas do esporte na cidade e correm pelo Caatinga Trekkers. A equipe foi campeã na terceira etapa do campeonato baiano na modalidade Elite no último dia 22 de julho com cerca de 80 participantes em busca do título baiano. A equipe também é bi campeã na região Nordeste. Estiveram nesta competição os diretores da Próton Sistemas, Adolfino Neto e Wilson Prado, apoiando este esporte que vem conquistando espaço no cenário esportivo do Estado. “A Próton é parceira de iniciativas como esta que destacam o nome de Feira de Santana e do Estado. Apoiar o grupo Caatinga Trekkers é ter a certeza que estamos contribuindo para o crescimento do esporte, colaborando para que cada vez mais pessoas tenham práticas saudáveis e ajudando no crescimento da Corrida de Orientação”, comenta Adolfino.

Para o fundador do grupo Caatinga Trekkers Enio Paulo, o apoio dos empresários e do poder público é muito importante para o desenvolvimento do esporte na região. “Ter este apoio ajuda o grupo a buscar novas conquistas. Isso incentiva a formação de novos atletas e a continuidade no esporte”, afirma. A quarta etapa do Campeonato Baiano acontecerá em Feira de Santana no mês de setembro.